__
____
Italiano
English
Français
Deutsch
Español
Português
Română
Русский
العربية 中文

____QUEM SOU  |  LINGUAS e YOUTUBE  |  VIAGENS  |  ESPETÁCULO e JORNALISMO  |  PRENSA  |  CONTATOS____

 

ENTRETENIMENTO & JORNALISMO

 

Juntamente com as línguas, também o mundo do entretenimento e do jornalismo têm caracterizado muitos momentos da minha vida. Clique nas fotos abaixo e no meu CV artístico, para aprender sobre minhas experiências em diferentes campos. Hoje tenho outros objetivos profissionais mas, no entanto, quando no meu caminho algo interessante aparece e eu encontrar tempo para fazê-lo, eu nunca deixo a oportunidade

 

DANÇA MÚSICA TV & ATUAÇÃO JORNALISMO MODA

 

MÚSICA

Eu descobri minha paixão por cantar quando tinha 12 anos e desde então nunca terminou. Meu caminho no mundo da música começou com as primeiras festas na escola, as primeiras competições locais e, em seguida, o exame como autor e compositor à SIAE (Sociedade Italiana Autores e Editores), os conselhos de Fabrizio Pausini (pai de Laura Pausini), as competições nacionais como o Festival de Castrocaro (1998), uma das minha primeiras grandes satisfações por ter sido classificado entre os 67 semifinalistas de mais de 1.300 participantes, e a Academia de San Remo (1999).

A principios de los años 2000 grabé el CD sencillo "Lei che", que me dio la oportunidad de colaborar con varias estaciones de radio locales en toda Italia, de cantar en conciertos, de ver publicaciones sobre mi en periódicos y revistas italianas y de vender mil copias de mi CD, a través de Internet, incluso en los EE.UU., España y América del Sur, donde me dedicaron también algunas publicaciones en revistas online.

No início dos anos 2000 eu gravei o CD single "Lei che", que me deu a oportunidade de colaborar com várias estações de rádio locais em toda a Itália, cantando em shows, de ver publicações sobre mim em jornais e em revistas italianas e de vender mil cópias do meu CD, através da Internet, mesmo nos EUA, Espanha e América Latina, onde também apareci em publicações de revistas.

Em 2004, enquanto eu estava gravando "Grandi Domani", participei das audições para Cinecittà Campus, uma escola de artes do espectáculo, onde entre centenas de candidatos fui eleito como um dos 5 homens titulares na aula de canto. Durante esta experiência, tive a oportunidade de cantar na frente de Maurizio Costanzo (director da escola), de assistir às aulas de Tosca (vencedora do Festival de Sanremo em 1996 e hoje apreciada personalidade do teatro musical italiano) e de cantar em homenagem a Antonello Venditti, na presença do famoso cantor mesmo.

Em 2006, decidi me concentrar em completar a faculdade de Comunicação e depois de trabalhar como jornalista. Devido a isso, eu me afastei um pouco da música, mas voltei para ela em 2009 para um projeto com DJ Mauro Del Principe, para o qual emprestei minha voz na produção de house music "I feel so Spanish", que escrevi juntamente com Filippo Pifferi e com o mesmo Mauro del Principe (prod. Mamo Recors / Molto Recordings).

Para ser honesto, nem "Lei che", nem a house music reflete o que eu sou e o que eu quero cantar. Hoje, eu canto apenas para o prazer, sem me preocupar em seguir os gostos do mercado de música, mas apenas o gosto de me divertir e emocionar. Isso me dai a possibilidade de ser o que realmente sou também na música. Aqui vocês podem ouvir algumas das minhas gravações antigas e, finalmente, também algo de novo! Espero que gostem!

 

 

 

(2002)

 

(2016)

 

DIREÇÃO DA "ACCADEMIA A. CORELLI"

De 2009 a 2013 eu era o proprietário e director artístico da Accademia A. Corelli na minha cidade, Fusignano. Graças principalmente à professora Lorezza Pirazzini, a todos os outros professores e estudantes que acreditaram em mim, foi uma verdadeira honra levar uma escola que abriu pela primeira vez mais de 100 anos atrás, no nome do famoso músico de Fusignano, nascido no século XVII e ainda conhecido em todo o mundo.

Na escola eu costumava gerenciar o trabalho dos 12 professores regulares, organizar eventos, shows e também ensinava em alguns cursos. Foi uma experiência que me deu uma grande satisfação, incluindo a organização de cursos magistrais com o renomado pianista internacional Maestro Pier Narciso Masi e a preparação de musical com sucesso, que levaram a um aumento considerável em novas matrículas. Com certeza, em algum momento eu senti de novo o desejo de descobrir novas aventuras profissionais e deixei a escola para me dedicar ao comércio e às viagens.

 

Badge Festival di Castrocaro (1998) Badge Semifinales Accademia di San Remo - Nuove Proposte (1999) Espectáculo en Cinecittà Campus con y para Antonello Venditti (Foto da "PM Magazine" - 2004)

 

 

TV & ATUAÇÃO

Depois de um curso de atuação em Roma, com a grande Beatrice Bracco e outros cursos avançados, um tempo Super que eu vivi na minha vida foi a participação, em 2005, numa série de televisão Mediaset: "Grandi Domani". Era uma série inspirada no famoso "Fame" ou no mais recente "Glee", onde eu teve um papel muito menor, mas para mim foi muito importante mesmo pela oportunidade de aprender especificamente como trabalhar na televisão, num projeto com base na combinação de dança, canto e atuação. Graças a este pequeno papel, foi convidado em outros shows da televisao italiana como "Buona Domenica" e "Volere Volare" por Canale 5 (2006) e entrei em Cinecittà Campus.

A última experiência que tive como ator foi em 2010, como testimonial de Corneliani em Pitti Immagine Uomo (em colaboração com a revista national de cinema "CIAK"). Nessa ocasião, tive a honra de actuar numa espécie de curto-publicidade escrito por Ivan Cotroneo, ja auror para Ferzan Ozpetek para várias séries TV de sucesso. O vídeo foi exibido durante a noite de abertura de Pitti Immagine Uomo de 2010 na Stazione Leopolda em Florença, com a presença do mesmo Ozpetek, de Claudia Gerini, Valeria Solarino e Alessandro Preziosi.

En el set de "Grandi Domani"
con Primo Reggiani - Italia 1 (2005)

 

Con el cast de "Grandi Domani" -
"Buona Domenica" - Canale 5 (2005)
   

 

Book por Ag. Jonh Casablancas - Milano (2003)

MODA

Enquanto eu ainda estava tentando descobrir qual era o contexto do showbiz que pertencia mais a minha personalidade, tive a oportunidade de fazer algumas experiências no mundo da moda também.

Trabalhei com algumas agências em Milão e em Roma, incluindo a Agência "I'm", "Image" e "John Casablancas"; eu nunca tinha imaginado a vida real dos modelos: constantemente agitada e sendo lançados de um casting para outro, estando em linha com centenas de candidatos para uma única vaga e, acima de tudo, sem comer todas as sobremesas que eu adoro! : / Não ... não era exatamente o que eu desejava! : P Mas tenho que admitir que gostei e aprendi muito com essas experiências, especialmente para ser mais confortável na frente de uma câmera.

Entre as minhas experiências neste campo, eu me lembro da minha participação em eventos como MIFF (Festival del Cinema de Milano - onde participei de modelo na entrega do prêmio pelo ator Franco Nero), Alta Moda Roma, Caálogo de penteado Matrix 2005, noite de abertura de Pitti Immagine Uomo 2010 (modelo para Corneliani), etc. Vocês podem ver em detalhe todas as minhas experiências no meu CV artístico.

   
   

 

DANÇA

Comencei a dançar aos 8 anos de idade, estudando dança de salão (as de "Dancing with the Stars", por exemplo) e me aperfeiçoando em danças folclóricas da minha região Romagna (valsa, mazurca, polca), boogie-woogie, rock, danças do Caribe (salsa, mambo, bachata), danças latino-americanas (samba, cha cha cha, rumba, paso doble, jive), e um pouco nas danças padrão (valsa vienensa, valsa inglese, foxtrot). As principais fases da minha experiência como dançarino estão no meu CV artístico juntos a meus diplomas e certificados, no menu do site acima.

Nesta aventura, fui acompanhado por minha dançarina Sara Costa, que até hoje conta como uma irmã que partilhaou comigo todos os bons e maus momentos da nossa adolescência (Sara, te quero muito!). Dançamos juntos até os 18 anos, ganhando competições (incluindo os Campeonatos Italianos de danças folk Romagna, em nossa categoria) que, inicialmente, pareciam impossível de ser ganhados. Especialmente nós diviertimos como loucos (um pouco menos quando os nossos pais vieram as contas do telefone ... e ainda não havia taxa fixa! kkkkk).

Depois de anos, eu redescobri minha paixão pela dança graças a um grupo fantástico de pessoas que, por acaso, comecei a ensinar todas as noites na quarta-feira (quando os vários compromissos permitir). Uma nova demonstração de como a dança desportiva não é apenas espírito competitivo e perfeccionismo, mas acima de tudo uma oportunidade de estar juntos também fazendo um monte de movimento para a batida da música!

                        

________________________________________________________________________________________________________________________ _________________